Blog

Geoprocessamento de imagens de territórios rurais na sua versão Saas

Geoprocessamento de imagens de territórios rurais na sua versão Saas

Geoprocessamento de imagens de territórios rurais na sua versão Saas

A visibilidade das análises territoriais, através de ferramentas que conseguem retornar um basemap do alvo a ser inspecionado, é uma necessidade em sua operação? E como o geoprocessamento se aplica nesse contexto?

Voltando alguns anos atrás, havia uma desorganização das informações geográficas perante a forma que elas eram armazenadas, sejam elas documentos do território, informações cadastrais e diversos outros tipos de dados. Isso gerava a desunificação das informações entre setores internos da empresa e até mesmo a perda dos dados. 

A Agrotools compreendeu a necessidade de informação das empresas que se relacionam com territórios rurais e por isso investiu no desenvolvimento tecnológico para oferecer soluções digitais que preenchem essa lacuna de informação. Com isso, transformou o que até então era uma gestão tabular de dados através do excel, em uma gestão geográfica e digital. 

Fato que para o agronegócio faz todo sentido, já que estamos falando da coleta, integração, armazenagem, tratamento, validação e disponibilização de informações geográficas e territoriais. 

Inovação em geoprocessamento

Mais do que responder às perguntas: o que é geoprocessamento e por que ele é importante, a Agrotools revolucionou a gestão geográfica e digital através da tecnologia GeoID, metodologia  desenvolvida e patenteada. Tamanha evolução, para além dos métodos teórico-matemáticos e computacionais, possibilita o desenvolvimento do maior banco de dados do agro, que hoje é integrado em diversas soluções prontas para uso e APIs, disponíveis no marketplace Agrotools.

É uma poderosa aliada neste processo e que possibilita às empresas e instituições que compram, vendem, financiam e seguram o agro fazerem a identificação dos limites territoriais de cada uma das propriedades rurais com as  quais se relacionam, através de informações territoriais. 

Essas informações abarcam o CAR (Cadastro ambiental Rural), upload de arquivos vetoriais (SHP, KML), coordenadas geográficas e desenhos de polígonos em nosso basemap Terra Matrix. Com essas informações conseguimos delimitar o polígono do território o que facilita a visualização e consequentemente a análise do “alvo”.   

O GeoID é construído através de todas essas informações territoriais e com a associação a um agente (CPF ou CNPJ), podendo ser associado diversos agentes a um território ou diversos territórios a um agente.

Geoprocessamento de imagens na sua versão Saas

Seguindo o processo, após cadastrar os territórios em nosso basemap Terra Matrix, que posteriormente serão submetidos a diversos tipos de análises, através de ferramentas como o Pixel Socioambiental, Pixel Composição do Uso do Solo, Pixel Estimativa de Penalização da Produtividade e entre outras.

Toda esta tecnologia unida com o Cofre Digital, uma de nossas ferramentas inseridas nas soluções Pixels, que tem a funcionalidade de uma “gaveta digital”, na qual você consegue guardar documentos de suma importância do território cadastrado, serve para tornar sua operação cada vez mais ágil, robusta e rentável.

Para ter mais informações sobre geoprocessamento de imagens, como utilizar nossas ferramentas Saas e aproveitar os benefícios que elas oferecem para sua empresa, acesse agora mesmo o marketplace e fale com nossa equipe comercial pelo chat ao vivo. 

Relacionados

Tecnologia que agrega valor para o agro da porteira pra fora

Tecnologia que agrega valor para o agro além da porteira

Quantidade de análises: aprenda a dimensionar sua necessidade atual

Quantidade de análises: aprenda a dimensionar sua necessidade atual

SaaS e o mundo corporativo do agronegócio. Como a Agrotools conecta sua empresa aos territórios rurais

Solicitar Orçamento