Blog

Tecnologia que agrega valor para o agro além da porteira

Tecnologia que agrega valor para o agro da porteira pra fora

Tecnologia que agrega valor para o agro além da porteira

Você se identifica como produtor rural? Não? Mas existem muitas empresas que nem sequer se reconhecem como integrantes do setor agro que estão direta ou indiretamente vinculadas a atividades produtivas que acontecem no campo. Para melhor compreensão de quem atua em negócios “além da porteira”, as soluções tecnológicas da Agrotools são a melhor forma de garantir alinhamento com a agenda ESG e proteger a reputação de sua marca, rastrear e monitorar originação de produtos comercializados pelo varejo, valoração de garantias para operações financeiras envolvendo territórios rurais e manter-se em conformidade com as regulamentações brasileiras e internacionais. A Agrotools detém o maior banco de dados do agro do mundo. Neste artigo vamos explicar o que difere o agro “além da porteira” e como a tecnologia é essencial para alavancar os negócios.

Empresas e agronegócio, uma relação de interdependência

O Brasil caminha para a conclusão da safra de grãos 2021/2022 e a expectativa é de um novo recorde, de acordo com fontes do governo federal. Prevê-se 271,3 milhões de toneladas de grãos, 263 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas, 112 milhões de toneladas de milho, 2,81 milhões de toneladas de pluma de algodão, para citarmos as principais commodities. A produção de carne bovina foi de 9,3 milhões de toneladas, de acordo com a USDA. Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o Brasil registrou produção de 14,3 milhões de toneladas de frango, 4,7 milhões de toneladas de suínos e 54 milhões de ovos. Já. O Brasil também é referência na produção de café, laranja, açúcar, cacau, arroz, borracha, derivados da madeira e sub-produtos dos bovinos.

O agronegócio movimenta toda a cadeia de produção, tais como a indústria de sementes e mudas, matrizes, vacinas, fertilizantes, defensivos agrícolas, maquinários, mão-de-obra especializada, distribuição, armazenamento, processamento e distribuição nacional e internacional.

Há diversos segmentos cujos insumos são originados no campo, sendo os principais a indústria alimentícia in natura, de processados ou congelados, como por exemplo empresas que utilizam o leite para produção de creme de leite, requeijão, leite condensado, manteiga, iogurte; empresas que produzem macarrão, pães de forma, bolachas, molhos de tomate; indústria do vestuário que utiliza o algodão, couro e lã; indústria farmacêutica e médica; indústria química; indústria automotiva que utiliza borracha natural para fabricação de pneus, indústria moveleira que utiliza madeira; varejistas que revendem carnes in natura, indústria gráfica na produção de papéis e tintas.

Relacionados ao mercado da produção rural, também estão os bancos e as seguradoras, responsáveis por conceder crédito para que a produção aconteça e segurá-la em caso de imprevistos climáticos ou ambientais.

Em muitos casos, as empresas que consomem produtos originados no campo em sua cadeia de fornecimento, recebem este material em grandes lotes, de cooperativas, frigoríficos ou tradings de grãos, e ainda assim, estão comprometidas em garantir que o produto utilizado está em acordo com sua política de sustentabilidade, e não encontra-se incentivando o desmatamento de florestas nativas, descumprimento de direitos do trabalho e de povos originais.

Rastrear a originação do insumo vegetal ou animal, até a fazenda de origem é um trabalho árduo. E, é neste momento que a Agrotools, com toda sua expertise de mercado, apoia as companhias que se relacionam com a produção rural, seja em sua cadeia de fornecimento ou seja em sua carteira de clientes.

Dados apoiam a manutenção da sustentabilidade na produção rural

A Agrotools – por meio de tecnologia brasileira e própria – entrega soluções digitais para a tomada de decisão de forma ágil e assertiva, oferecendo ampla visão e controle em todos os pontos da cadeia do agronegócio, conectando empresas que utilizam produtos originados no campo aos produtores, e bancos e seguradoras aos seus clientes. A partir da coleta de dados de várias fontes públicas, atualmente descentralizadas, e de sua unificação e tratamento para tornar-se informação estratégica e de apoio na tomada de decisão. 

A plataforma Agrotools permite a geração de análise do compliance socioambiental de um território, análise de produção de uma área, análise territorial, análise climática, garantindo  maior segurança e agilidade na manutenção e efetivação de negócios entre empresas e produtores rurais.

Os benefícios do monitoramento da cadeia associada ao agronegócio são:

  • Garantir aderência à agenda ESG.
  • Rastrear a originação na cadeia de suprimentos.
  • Otimizar investimentos.
  • Reduzir riscos e custos de inspeção.
  • Visualizar oportunidades, de forma a buscar uma cadeia de suprimentos livre de riscos socioambientais direta e indiretamente, visando também o atingimento de metas corporativas.

As ferramentas Agrotools permitem o cadastro geográfico das propriedades fornecedoras de insumos ou dos clientes rurais e a qualificação do fornecedor, informando aspectos como o tipo de cultura por ele comercializado, o tamanho de sua propriedade e seus dados cadastrais. A partir do cadastro geográfico é possível visualizar a abrangência territorial do suprimento/clientes do negócio e analisar o nível de compliance desses fornecedores.

Uma das funcionalidades disponibilizadas pela Agrotools é o GIX, que traz maior agilidade na coleta de informações do campo, anteriormente realizadas em cadernos, GPS e câmera, porém agora de forma centralizada, auditável, organizada e offline.

O objetivo final é mapear a cadeia de fornecedores e clientes, identificar riscos no cumprimento da agenda ESG e oportunidades para o crescimento do negócio.

Importante mencionar que a Agrotools possui 15 anos de experiência e cobre 15 segmentos de mercado e mais de 10 commodities. Atualmente, 15% das maiores empresas do agronegócio brasileiro usam pelo menos uma solução Agrotools, tendo atuação na América Latina e Austrália. Somos responsáveis pelo monitoramento de + de 65% da produção brasileira de gado e pelo maior monitoramento do campo ao varejo do planeta. Os diálogos com órgãos reguladores e ambientais estão em nossa essência, de forma a aparar arestas e nos adaptar as frequentes evoluções dos protocolos e políticas ESG.

A tecnologia agrotools irá identificar fornecedores e clientes com histórico de excelência em sustentabilidade na produção agropecuária, cujas fazendas não possuem histórico de desmatamento ilegal, embargos de órgãos públicos ou produção em áreas protegidas, e seus proprietários não estejam associados a trabalho escravo, por exemplo.

A sua empresa ou corporação precisa de informações sobre territórios rurais? Então entre em contato com a gente e peça um orçamento.

Relacionados

Quantidade de análises: aprenda a dimensionar sua necessidade atual

Quantidade de análises: aprenda a dimensionar sua necessidade atual

SaaS e o mundo corporativo do agronegócio. Como a Agrotools conecta sua empresa aos territórios rurais

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais e o procedimento padrão para consultas.

Benefícios de unir a análise do Cadastro Ambiental Rural (CAR) ao CPF

Solicitar Orçamento