Blog

Tipos de crédito rural: para custeio, comercialização, investimento e industrialização

Tipos de crédito rural: para custeio, comercialização, investimento e industrialização

Tipos de crédito rural: para custeio, comercialização, investimento e industrialização

22 de setembro de 2022

Tempo de Leitura: 4 minutos

O crédito rural existe para estimular o crescimento do agronegócio no Brasil. Só que, com a diversidade da produção agropecuária, surgiu a necessidade de criar tipos de crédito rural, que são utilizados para diferentes finalidades. 

O objetivo é financiar todas as etapas da produção, desde o plantio até a venda das mercadorias no mercado. Mas você sabe exatamente quais são as regras para cada tipo de financiamento? Confira nos próximos tópicos!

Custeio

O custeio é o tipo de crédito rural mais comum, voltado para a produção agrícola e pecuária. Ele compreende as atividades mais rotineiras de uma safra, como o plantio e a colheita.

Exemplos de uso:

  • despesas com insumos, como sementes e fertilizantes;
  • aquisição de animais para recria e engorda;
  • mão de obra para trabalhar nas lavouras.

Informações complementares:

  • limite de crédito: R$ 3 milhões por beneficiário;
  • taxa de juros: até 8,5% ao ano;

 

Nova call to action

Comercialização

Assim que é realizada a colheita ou o abate, existe um caminho até a mercadoria chegar à mesa das pessoas. Naturalmente, isso também demanda um investimento. Por isso, esse tipo de crédito rural é usado para garantir a comercialização dos produtos.

A aplicação dos recursos não está limitada apenas na logística, mas para apoiar o empreendedor na venda dos seus produtos. Por exemplo, em determinados momentos, ele pode ser pressionado a vender por preços mais baixos. O crédito serve para evitar essas situações.

Exemplos de uso:

  • financiar a estocagem;
  • garantir a proteção e a equalização dos preços para o produtor.

Informações complementares:

  • O crédito de comercialização também compreende a pré-comercialização.

 

Nova call to action

Investimento

A modernização da agropecuária é um grande objetivo do crédito para produtor rural, porque a tecnologia gera aumento de eficiência. Por isso, essa linha de financiamento é para trabalhar com empreendimentos que desejam investir em melhorias nas suas operações.

Exemplos de uso:

  • investimentos fixos, como a ampliação das instalações permanentes;
  • investimentos semifixos, o que inclui a aquisição de animais para reprodução;
  • veículos;
  • contratação de mão de obra.

Informações complementares:

  • limite de crédito: pode chegar a R$ 65 milhões por cooperativa;
  • taxa de juros: varia, mas pode ficar na faixa entre 6,5% e 8,5% ao ano;
  • prazo de pagamento: 6 anos para investimentos semifixos e 12 anos para investimentos fixos.

Industrialização

A industrialização é a linha de financiamento menos comum e talvez a menos conhecida pelos profissionais de instituições financeiras. Em linha com o investimento e a comercialização, a ideia é estimular uma melhora na produção agropecuária.

Exemplos de uso:

  • ações de limpeza, secagem, pasteurização etc.;
  • despesas com mão de obra;
  • manutenção de equipamentos.

Informações complementares:

  • 50% da produção deve ser da propriedade. O mesmo vale para a cooperativa de crédito.

Os quatro tipos de crédito rural são usados para finalidades diferentes. Portanto, eles também devem ter a sua própria estratégia de operação, o que inclui o gerenciamento correto dos riscos. Assim, a instituição financeira tem mais agilidade e confiança para se desenvolver no mercado.

Sabe como alcançar isso? Com o Credit, a solução digital da Agrotools para financiamento do agronegócio. Clique aqui e veja como as nossas ferramentas e a nossa expertise podem aumentar a eficiência da sua instituição e ajudar na conquista de novos clientes!

Relacionados

Terra com brotos de folhas verdes ao lado de moedas empilhadas com pequeno broto em cima, remetendo ao financiamento rural.

Financiamento rural: como ter mais segurança e agilidade

Mitigação de risco no crédito rural: dicas para instituições financeiras

Cooperativas de crédito e os financiamentos rurais no Brasil

Cooperativas de crédito e os financiamentos rurais no Brasil

Solicitar Orçamento