Smart data e Credit Agrotools: entenda como transformar suas operações de crédito rural

Conceder crédito rural é uma decisão de alto risco. Para não errar, as instituições financeiras precisam se apoiar em dados que façam real sentido e permitam uma tomada de decisão certeira. É nesse momento que entram as tecnologias de smart data, ou dados inteligentes, com o objetivo de transformar informações robustas e sem processamento em percepções acionáveis.

As tecnologias de smart data entraram na esteira da transformação digital e podem ser aplicadas a qualquer nicho de mercado. No agronegócio, os dados inteligentes podem desempenhar um papel crítico de ponta a ponta na cadeia produtiva, permitindo uma gestão estratégica eficiente para todos os eixos do ecossistema agro, diminuindo riscos e impulsionando a produtividade.

Se você está em busca de soluções que eliminem os pontos cegos de suas operações, tanto na hora de oferecer crédito a novos produtores quanto para acompanhar sua carteira de clientes, as soluções smart data certamente serão seu braço direito.

Pensando nisso, criamos este artigo para explicar qual a relação entre smart data e o financiamento agropecuário, bem como apresentar o Credit Agrotools, a solução digital completa com tudo o que você precisa para ser mais eficiente na gestão do crédito rural, antes e após a assinatura dos contratos. Acompanhe as próximas linhas!

Afinal, o que significa smart data no agronegócio?

Ao contrário do big data, que são informações de alto volume, variedade e velocidade, geralmente difíceis de tratar por métodos tradicionais, smart data são conjuntos de dados menores gerados de maneira inteligente, contendo informações valiosas. Logo, estão mais focados na criação de valor, significado e precisão para algum tipo de propósito ou resultado.

Os smart data são frequentemente associados à Internet das Coisas (IoT) e aos dados produzidos por sensores inteligentes embutidos em objetos. É o caso de sensores espalhados no campo, em equipamentos, veículos e insumos, os quais produzem um sem-número de dados, organizados em um banco de dados na nuvem, em tempo real, sobre lavouras e rebanhos, oferecendo mais sustentabilidade e certeza aos negócios.

Com isso em mente, os smart data são importantes para a inovação no agronegócio, pois permitem que os gestores tenham percepções críticas sobre toda a cadeia produtiva. Além disso, podem ser distribuídos estrategicamente por diversas plataformas, proporcionando uma visão macro do cenário agro.

Logo, os dados inteligentes podem fundamentar todo o processo de tomada de decisão, por exemplo, na gestão estratégica das fazendas ou no próprio oferecimento de crédito rural, pelas instituições financeiras.

Mas, não para por aí. Quando o assunto são investimentos no agronegócio, o processo de decisão orientada por dados ajuda produtores e investidores a eliminarem a volatilidade e o risco inerente à produção agropecuária. Já no caso das financeiras, em termos simples, significa saber se vale a pena conceder crédito ou não a um determinado cliente, baseado nas evidências positivas ou negativas que o smart data oferece. Vamos deixar isso mais claro? Prossiga com a leitura!

Como o smart data pode contribuir para a concessão do crédito rural?

O crédito rural configura a principal fonte de recursos financeiros para o produtor fazer frente às despesas que vão ocorrer a cada safra, bem como adotar equipamentos e tecnologias para modernizar sua produção, mitigando riscos, diminuindo custos e aumentando a qualidade dos produtos para os clientes finais.

Nesse sentido, ao refletirmos sobre a gestão estratégica das instituições financeiras e a avaliação do risco de crédito no agronegócio, uma das principais preocupações é como obter dados consistentes para melhor previsibilidade dos riscos inerentes à produtividade agropecuária e melhorar as operações.

O motivo é simples, o cenário da tecnologia digital no agronegócio brasileiro ainda é bastante heterogêneo. Ao passo que há propriedades investindo pesado em tecnologia de agricultura digital, pequenos produtores ainda permanecem vulneráveis em meio aos sistemas mais arcaicos de produção.

Além disso, as próprias instituições financeiras sofrem com a dificuldade de obter um perfil mais arrojado de sua carteira de clientes, acessar dados sobre os produtores e territórios, viabilizar vistorias no campo, bem como obter dados segmentados sobre a legislação. Tudo isso torna o processo de concessão de crédito moroso e, claro, aumenta o valor das taxas agregadas e de outros produtos importantes, como é o caso do seguro rural.

Com tudo isso em mente, soluções smart data como o Credit Agrotools representam a inovação que faltava para incrementar a gestão das operações de crédito rural, obter parâmetros de financiamento mais precisos e traçar melhores rumos para os negócios.

Confira, agora, os principais benefícios que as ferramentas smart data podem gerar para as instituições ofertadoras de crédito.

Financiamento rural inteligente

O primeiro ponto do uso das tecnologias de smart data é o monitoramento em tempo integral do ecossistema agro, a partir de um único sistema. Isso permite identificar necessidades, barreiras e fatores facilitadores para a concessão de crédito, bem como esclarecer os pontos fortes e fracos do processo de engajamento das partes interessadas.

Também, pode contribuir para adaptar sua estratégia e objetivos de negócio, além de garantir a conformidade com órgãos regulares e o próprio Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR).

Dessa maneira, a gestão do financiamento ganha uma abordagem holística que combina conhecimentos e ferramentas especiais para avaliar melhor a atividade dos produtores e distribuir adequadamente os incentivos para as linhas de crédito rural desejadas.

Digitalização da esteira de crédito rural

Assim como no empréstimo pessoal, as esteiras de crédito rural também estão sendo digitalizadas. Isso significa que todo o processo de contratação de financiamentos passou a ser digital, desde a proposta de solicitação de crédito até a confirmação de documentos e liberação do dinheiro.

banner agribureau

Mais ainda, no caso do crédito rural, as soluções smart data vão além do operacional, uma vez que permitem à instituição financeira acompanhar digitalmente todas as variáveis que envolvem as operações de crédito.

Isso potencializa as estratégias de negócio, ao facilitar a prospecção de clientes, criação de novos produtos e a oferta de crédito adequada a cada perfil.

Estreitamento das relações entre instituições financeiras e o campo

A distância geográfica entre as instituições ofertadoras de crédito rural e o campo dificulta as concessões de crédito, em razão do surgimento de assimetrias de percepções que podem confundir os analistas. O resultado é que a oferta de crédito fique muito menor que a demanda, sobretudo no setor privado, tornando-se um desafio para a expansão das instituições.

Porém, com as tecnologias smart data, esse problema se minimiza, já que é possível saber onde estão os diferentes perfis de produtores, reconhecer suas necessidades, os principais riscos para a contratação do crédito.

Monitoramento das carteiras de crédito

O uso inteligente de dados permite maior precisão no monitoramento para o crédito rural, cujas regras foram modificadas após a Resolução nº 4.895 do Banco Central. Publicada no início de 2021, alterou o Manual de Crédito Rural (MCR), dando maior liberdade para as instituições financeiras criarem seus métodos de fiscalização, os quais incluem até sensoriamento remoto e amostragens.

Dessa forma, por meio de uma plataforma madura de smart data como o Credit Agrotools, é possível monitorar a utilização do crédito pelos produtores, bem como trabalhar na identificação de fraudes, sem ferir a legalidade.

Análise preditiva e cálculo de riscos

Uma das maiores dificuldades da concessão de crédito rural é realizar cálculos dos riscos inerentes à produtividade agropecuária. Entre esses fatores está a dificuldade de fixar preços no mercado, reconhecer eventos climáticos que podem comprometer a produção, controlar a inadimplência dos produtores e cooperativas, bem como os observar os movimentos naturais do mercado ― oscilação do câmbio, ânimo dos investidores, políticas governamentais, entre outros.

Por essas razões, o smart data também facilita a análise preditiva, que usa dados históricos para prever novos eventos. Normalmente, esses dados são usados ​​para construir um modelo matemático que captura tendências futuras.

Esse modelo preditivo é então usado com dados atualizados para prever o que poderá acontecer e corroborar decisões que livrem a financeira de se expor a riscos não planejados ou não recomendados.

Diminuição de custos

Como as soluções smart data são associadas à Inteligência Artificial, é possível alcançar agilidade, menor esforço na tomada de decisão, melhor gestão do tempo, maior interpretação do mercado, ter insights instantâneos e diminuir os esforços humanos. Tudo isso faz com que a instituição financeira consiga aprimorar suas operações, por meio de processos mais simples e automatizados, resultando em menores custos e afastando erros.

Além disso, como os dados são armazenados em nuvem, é possível acessá-los de qualquer parte do mundo, até mesmo pelo smartphone. Isso possibilita, entre outras coisas, fazer análises em tempo real, resolver problemas rapidamente e melhorar a experiência do cliente, fortalecendo o negócio e diminuindo seus custos operacionais.

O que é o Credit Agrotools e como essa solução pode ajudar as empresas que financiam o produtor rural?

O Credit Agrotools é a mais completa plataforma de digitalização da esteira de crédito rural existente no mercado brasileiro. Por meio dela, é possível obter uma grande variedade de informações sobre os produtores, para que a proposta de crédito esteja alinhada às suas necessidades, com as menores taxas de juros e menor risco.

Por meio do Credit, é possível obter uma percepção calibrada do risco de cada operação, rompendo com a escassez de dados e informações, e a falta de digitalização do território rural, que tornam pouco eficiente a gestão de riscos. Ou seja, conseguimos estreitar a conexão entre o campo e as instituições financeiras, diminuindo a necessidade de visitas técnicas manuais e análises de risco analógicas.

O Credit representa a transformação digital do crédito rural, uma vez que as decisões de concessão de crédito são embasadas em informações sólidas, constantemente atualizadas e, principalmente, sobre o real lastro da operação. Dessa maneira, você tem condições de compreender quais são os riscos na produtividade de seus clientes e oferecer as melhores oportunidades de crédito.

Destacamos aqui os principais benefícios do Credit para sua instituição:

  • visitas técnicas ao campo menos frequentes;
  • processos de concessão de crédito automatizados, padronizados e ágeis;
  • monitoramento completo e eficiente de territórios e produtores 100% remoto;
  • monitoramento dos riscos morais, legais, de desempenho, de crédito e reputacionais das operações;
  • gestão eficiente da carteira de clientes;
  • mais vendas e crédito mais qualificado e seguro;
  • rápido acesso a dados estratégicos;
  • garantia de compliance com a agenda ESG;
  • prospecção de novos clientes considerando perfil, segmento e aspecto de compliance.

Como o Credit pode ajudar você em suas operações de crédito rural?

Integração é a palavra de ordem do Credit Agrotools. Por meio de nossa solução, a instituição financeira consegue não apenas digitalizar os processos internos, mas também integrar todos os departamentos impactados na operação de crédito rural. Veja o que é possível fazer com ele:

  • cadastro geográfico de fazendas e talhões;
  • repositório para documentos;
  • construção de protocolos de riscos;
  • análise de diferentes riscos online;
  • acesso a aplicativo de vistoria de campo;
  • cumprimento de normativas do MCR;
  • valorização de garantias 100% remota e customizada;
  • fiscalização remota de lavoura e monitoramento pecuário.

Por que as soluções Agrotools são a melhor opção para sua instituição financeira?

Maior agtech da América Latina, a Agrotools lidera o setor de transformação digital no agronegócio, exportando tecnologia brasileira para gigantes globais. Além de desenvolver tecnologia própria, construiu uma das maiores bases de dados agro do mundo, o que a tornou referência no setor.

Todas as soluções Agrotools são estruturadas a partir de 3 pilares: tecnologia, dados e profundo conhecimento de mercado. Não é à toa que a empresa tem participação plena nos principais setores do ecossistema agro, incluindo bancos, indústrias, varejo, seguradoras, resseguradoras e tradings.

Com projetos inovadores, metodologias proprietárias e uma série de ferramentas tecnológicas escalonáveis, consegue realizar integrações em todo o processo de crédito ― do cadastramento de novos clientes ao monitoramento de territórios.

Ao adquirir as soluções Agrotools, sua instituição financeira terá ampla inteligência para atuação no agronegócio, por meio de automatizações e análises de risco muito mais precisas. É a transformação digital trazendo a eficácia que você deseja no mercado de crédito rural. Quando o assunto é smart data e soluções para o agronegócios, temos orgulho de dizer que os melhores clientes estão conosco. Faça parte você também desse grupo! Fale agora com nossos consultores e conheça o Credit Agrotools.

CREDIT

Compartilhar este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Anterior
Próximo

Mais para explorar